Miranda admite conversas com o Palmeiras, mas cita rival e diz que negócio não evoluiu - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras Miranda admite conversas com o Palmeiras, mas cita rival e diz que negócio não evoluiu - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras

PUBLICIDADE

Miranda admite conversas com o Palmeiras, mas cita rival e diz que negócio não evoluiu


Miranda é titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia (Crédito: Pedro Martins/MoWA Press)

Zagueiro titular da Seleção Brasileira, Miranda admitiu ter tido conversas com o Palmeiras que não evoluíram. Aos 33 anos e com contrato até o meio de 2019 com a Inter de Milão (ITA), ele disse que não é sua vontade voltar agora ao Brasil, especialmente a um rival do São Paulo, onde atuou de 2006 a 2011.
- O Palmeiras é uma potência no Brasil, em termos financeiros e de estrutura, um dos clubes que mais cresceram nos últimos anos. Normal uma potência assim vir atrás de jogadores que ainda estão em alto nível na Europa. Eu tive algumas conversas com alguém ligado ao Palmeiras, sim, mas expliquei minha situação e a conversa não evoluiu. E eu tenho uma relação forte com o São Paulo. Uma volta ao Palmeiras não seria legal - disse o jogador, em entrevista ao canal do jornalista Thiago Asmar, realizada em janeiro.

- Minha prioridade é permanecer na Europa, tenho contrato com a Inter e no momento vou procurar cumprir este contrato. As coisas no futebol são dinâmicas. Em dois dias eu posso mudar de opinião, caso apareça uma oferta convincente para voltar ao Brasil. Mas hoje acho muito difícil - completou.

O Verdão busca um jogador de nome para a defesa e nesta segunda-feira acertou com uma aposta: o argentino Nicolas Freire, de 24 anos. Ele vai assinar por empréstimo de um ano, com opção de compra ao término do vínculo.

Há sete anos na Europa, jogando por Atlético de Madri (ESP) e Inter, Miranda antes tornou-se ídolo no São Paulo, onde chegou para substituir Lugano e foi decisivo para o tricampeonato brasileiro, de 2006 a 2008. Jogar em um rival do Tricolor é uma possibilidade cogitada apenas se o clube do Morumbi não tiver como repatriá-lo no futuro.

- Acho que em um retorno a prioridade seria o São Paulo. Se o São Paulo não quisesse ou não tivesse força me contratar, eu sou profissional primeiramente e devo fazer meu melhor pelo meu trabalho e para mim mesmo. Se não tivesse oferta do São Paulo e tivesse do Palmeiras, por exemplo, jogaria pelo Palmeiras e faria o melhor para o Palmeiras ganhar título - completou.
Fonte: LANCE!Net

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
Miranda admite conversas com o Palmeiras, mas cita rival e diz que negócio não evoluiu Miranda admite conversas com o Palmeiras, mas cita rival e diz que negócio não evoluiu Reviewed by Julio Mateus on 09:09:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.