Diretor do Palmeiras, Mattos se envolve em polêmica com dois imóveis de sua propriedade: veja - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense Diretor do Palmeiras, Mattos se envolve em polêmica com dois imóveis de sua propriedade: veja - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense

PUBLICIDADE

Diretor do Palmeiras, Mattos se envolve em polêmica com dois imóveis de sua propriedade: veja




Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, aluga dois imóveis de sua propriedade para integrantes da comissão técnica que ganham auxílio-moradia, benefício que passa pela solicitação do dirigente.

O auxiliar técnico Andrey Lopes e o preparador de goleiros Oscar Sevory Nunes Rodriguez moram em apartamentos comprados neste ano por Mattos na vizinhança do CT do Palmeiras. Antes de se tornarem inquilinos de seu chefe, eles receberam, a partir do pedido de Mattos, aumento no auxílio-moradia que já ganhavam.

Segundo registros dos imóveis obtidos pelo blog, Mattos sacramentou a compra dos dois apartamentos em 4 de abril. O cartola afirma ter sido em fevereiro. Em 15 de maio, o departamento de futebol do Palmeiras encaminhou para o departamento pessoal no mesmo documento pedidos de aumento para quatro funcionários. Andrey e Oscar estavam entre eles, porém, ambos tiveram também pedidos de aumento de seus auxílios-moradia. O documento, ao qual o blog teve acesso, foi assinado por Mattos.

Para ambos foi solicitado que o auxílio moradia passasse a ser de R$ 5 mil. O valor antigo não é descrito no documento, mas, segundo fonte no departamento de futebol palmeirense, o auxiliar recebia para ajudar nas despesas com habitação R$ 3.500 mensais e o preparador de goleiros R$ 4 mil. Oscar teve solicitação de acréscimo de R$ 10 mil em seu salário, o dobro da quantia de reajuste requisitada para Andrey. Os aumentos foram concedidos.

Em 1º de julho deste ano, menos de dois meses após Mattos ter feito a solicitação de reajuste do auxílio-moradia para Oscar, o preparador de goleiros se tornou seu inquilino. Sete dias depois, foi a vez de Andrey assinar contrato como locatário de um dos apartamentos do diretor de futebol.

Os dois imóveis alugados pelos membros da comissão técnica do Palmeiras ficam no mesmo condomínio. Mas o apartamento escolhido por Oscar é exatamente o endereço indicado pelo diretor de futebol como sede de sua empresa, a Afmattos Assessoria e Gerenciamento Esportivo. Movimentação na ficha cadastral da empresa na Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo) registra a mudança do endereço da empresa para o local atual em 23 de maio.

Antes, a Afmattos tinha como endereço um imóvel na rua Padre Antônio Tomas de propriedade do Palmeiras. “Quando cheguei ao Palmeiras, o (então) presidente Paulo Nobre me pediu para montar uma empresa. Eu não tinha imóvel em São Paulo e segui as orientações do departamento jurídico do clube a pedido do presidente”, afirmou Mattos ao blog, que não localizou Nobre.

Na última sexta (11), este blogueiro foi até o condomínio em que Mattos tem os dois apartamentos para procurar pelos membros da comissão técnica. Oscar estava chegando ao local praticamente no mesmo momento. Abordado, negou que tenha alugado o imóvel de seu diretor. “Sua informação não está correta”, disse com convicção. Indagado se o número de seu apartamento era um dos dois que correspondem às propriedades do dirigente, voltou a negar.

Em seguida, o blog procurou por Andrey junto à recepção. Obteve a confirmação de que seu número de apartamento corresponde a um dos imóveis do cartola. Após este blogueiro se identificar, o funcionário do condomínio interfonou para o auxiliar técnico e disse que ele estava descendo.

Porém, Oscar já tinha avisado a Mattos sobre as perguntas feitas a ele. O diretor telefonou para o blog e passou a concentrar as respostas. Andrey não desceu. Numa segunda tentativa, o recepcionista disse que ele não estava em casa.

Mattos confirmou ter alugado o apartamento para os dois funcionários e também ter solicitado aumento de auxílio-moradia, prática comum no departamento de futebol palmeirense para ambos. Isso após pedido dos funcionários, segundo sua versão. “Meus investimentos são pessoais, lícitos. Alugo imóveis para quem eu quiser”, disse o diretor.

Sobre ter solicitado aumento do auxílio-moradia para os dois funcionários, o dirigente afirmou não ver problemas éticos ou conflito de interesses. “Quando solicitei os reajustes, eles não eram meus inquilinos. E eu não decido se alguém vai ter auxílio-moradia ou não. Se alguém me pede, eu avalio, se for o caso encaminho para o RH, depois vai para o vice-presidente (Paulo Roberto) Buosi, em seguida, para o presidente (Maurício Galiotte)”, declarou o dirigente.

Indagado sobre se haverá conflito de interesses caso ele resolva aumentar os aluguéis e os dois funcionários solicitem novo reajuste no auxílio-moradia, Mattos disse que não porque a decisão final não será dele. Voltou a sustentar que ele apenas faz o encaminhamento.

O blog apurou que neste ano uma série de funcionários recebeu reajuste salarial. Parte deles tinha propostas de outros clubes. Segundo integrante do departamento de futebol palmeirense, jogadores e outros membros do setor também compraram imóveis no mesmo condomínio como investimento.

Cada um dos apartamentos adquiridos por Mattos tem 60,8 metros quadrados de área privativa. Por um deles o dirigente pagou R$ 539.385,53. O outro custou R$ 552.243,35. Os dados estão nas matrículas dos imóveis. O dirigente se comprometeu a pagar ambos parceladamente.

Fonte: BLOG DO PERRONE - UOL

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
Diretor do Palmeiras, Mattos se envolve em polêmica com dois imóveis de sua propriedade: veja Diretor do Palmeiras, Mattos se envolve em polêmica com dois imóveis de sua propriedade: veja Reviewed by Marcos SEP on 15:26:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.