Invicto, Verdão se despede da Copa SP nos pênaltis após empatar por 1 a 1 - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras Invicto, Verdão se despede da Copa SP nos pênaltis após empatar por 1 a 1 - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras

PUBLICIDADE

Invicto, Verdão se despede da Copa SP nos pênaltis após empatar por 1 a 1


Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
Zagueiro Vitão (foto) fez boa atuação marcando jogadores da Lusa


O Palmeiras encarou a Portuguesa na noite desta sexta-feira (19) em jogo válido pela Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018. O empate por 1 a 1 levou a partida para os pênaltis: o Verdão foi eliminado por 3 a 2 e não avança às semifinais – o gol marcado no tempo regulamentar saiu dos pés de Yan, e os jogadores Aldo e Johnny foram os palmeirenses que converteram suas cobranças.
Autor do gol alviverde na partida que levou o jogo às penalidades, Yan disputou três jogos pela equipe profissional do Vitória, seu antigo clube, em 2015. O atacante também já foi convocado às Seleções Sub-17 e Sub-20 no clube baiano, e chegou ao Palmeiras no início do ano passado.

O Alviverde se despede da Copinha com marcas interessantes: foi o time que aplicou a maior goleada do torneio até aqui (7 a 0 sobre o Taubaté na terceira fase da competição, mesmo placar imposto pelo Botafogo-RJ contra o River-PI) e também foi a equipe que obteve o segundo ataque mais positivo até aqui: 21 gols (neste quesito, só fica atrás do Internacional, que soma 24 bolas na rede).

Apesar de não ter marcado na partida desta sexta-feira (19), o artilheiro da equipe do Verdão no torneio foi o atacante Fernando, com cinco gols. O jogador chegou ao Palmeiras em 2016 após despertar a atenção de vários clubes na Taça BH Sub-17, pelo AMDH, e disputou um jogo pelo time profissional em 2017.

O técnico palmeirense na edição de 2018 da Copinha foi Wesley Carvalho, que chegou ao Alviverde em 2017, após passar pelo Vitória-BA, clube pelo qual foi campeão baiano de 2016 como interino – vale lembrar que Wesley Carvalho teve uma passagem pela comissão técnica do elenco profissional do Verdão, quando foi auxiliar técnico nas rodadas finais do Brasileirão 2017.

O adeus do Verdão no principal torneio de base do país aconteceu sem que o time tivesse perdido uma partida sequer: acumulou cinco vitórias e dois empates em sete jogos). Os adversários do Alviverde na competição foram, pela ordem, o Luverdense (vitória por 3 a 0), o Moto Club-MT (vitória por 5 a 0), o Taubaté (empate por 1 a 1), o Botafogo-PB (vitória por 2 a 0), novamente o Taubaté (vitória por 7 a 0), o Vasco (vitória por 2 a 0) e, agora, a Portuguesa (1 a 1 e eliminação nos pênaltis).

O jogo

O primeiro tempo reservou boas oportunidades ao Palmeiras, como quando Fernando, aos 24, recebeu passe de Papagaio e cabeceou contra a meta do adversário. O goleiro Anderson também vinha fazendo grande atuação na primeira etapa do duelo, a exemplo dos jogos que disputou desde o início do torneio.

Quando o Alviverde passava a dominar plenamente a partida, aos 31, uma queda de energia interrompeu o jogo por cerca de 15 minutos e esfriou o Verdão, que vinha embalado. Após o reinício do prélio, o Alviverde valorizou a posse de bola e tentou criar mais jogadas, mas, no último minuto de acréscimo, o árbitro viu pênalti de Iago em Thawan. A cobrança foi convertida pela Lusa. (Palmeiras 0x1 Portuguesa)

Na volta do intervalo, o time comandado pelo técnico Wesley Carvalho surgiu com três alterações: Iago entrou no lugar de Pablo, Alan substituiu Matheus Neris e Papagaio saiu para entrar Leo Passos.

Já nos primeiros minutos do segundo tempo, o Verdão voltou mais ofensivo e criou jogadas que assustaram o time da Portuguesa, incendiando a partida. Apesar da raça, o time palmeirense encontrou dificuldades, sobretudo na ligação entre o meio de campo e o ataque.

Após muito insistir, finalmente o Alviverde chegou ao gol, aos 30 minutos, depois de uma sequência de tentativas dos jogadores do Palmeiras, que bombardearam o goleiro rival: no rebote, Yan marcou de cabeça. (Palmeiras 1x1 Portuguesa)

Como o empate levaria a decisão pela vaga nas semifinais para as penalidades, o gol do Verdão agitou o duelo e fez com que as duas equipes disputassem cada jogada com excesso de vontade.

A partida ferveu nos minutos finais. Jogadas rápidas e ligações diretas tomaram conta do cenário no Estádio Pacaembu. As bolas de contra-ataque foram uma das armas utilizadas pelo Palmerias na tentativa de levar vantagem sobre o rival como fator diferencial.

Mesmo com quatro minutos de acréscimos impostos pela arbitragem, nenhum dos dois times conseguiu marcar novamente, e a partida se encaminhou para ser decidida nas penalidades máximas. Só deu tempo de Matheus Bahia entrar no lugar de Luan na lateral esquerda.

Pênaltis

A primeira cobrança foi pelo lado do Palmeiras, com o atacante Aldo, que bateu de pé direito no canto esquerdo do gol, e converteu (1x0). Matheus França cobrou o primeiro tiro da Portuguesa, e o goleiro palmeirense Anderson, atento, defendeu!

A segunda cobrança do Palmeiras veio com o meia Alan, de pé direito. O jogador palestrino, no entanto, desperdiçou a chance. A segunda cobrança da Lusa veio com o jogador Bahia, que chutou sem dar chances para o arqueiro alviverde. (1x1)

A terceira cobrança do Verdão saiu dos pés de Leo Passos, que desperdiçou, batendo por cima do travessão. A terceira tentativa da Lusa foi convertida por Caique Felix, que chutou no canto oposto do goleiro palmeirense. (1x2)

A quarta cobrança do Palmeiras foi realizada por Johnny, que chutou seguro e balançou as redes (2x2). Já o quarto disparo da Portuguesa veio com Marques, que chutou no cantinho, sem chances para Anderson (2x3).

A quinta cobrança do Verdão coube a Yan, que desperdiçou e, desta forma, o Palmeiras se despediu da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018.


Fonte: Site Oficial

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
Invicto, Verdão se despede da Copa SP nos pênaltis após empatar por 1 a 1 Invicto, Verdão se despede da Copa SP nos pênaltis após empatar por 1 a 1 Reviewed by Julio Mateus on 11:21:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.