O Ano Novo do Palmeiras - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras O Ano Novo do Palmeiras - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras

PUBLICIDADE

O Ano Novo do Palmeiras


O ano de 2017 acabou de vez para o Palmeiras antes mesmo de a bola rolar na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo. As horas que antecederam a última partida do time em casa na temporada foram ocupadas com o planejamento para 2018. No início da tarde, o estafe de Lucas Lima, que inclui o pai de Neymar, esteve na Academia de Futebol. Conheceu a estrutura e se reuniu com o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos. Em pauta, os detalhes para formalizar um pré-contrato com o meia, cujo vínculo com o Santos se encerrará em 31 de dezembro. O grupo seguiu depois para o Allianz Parque, onde outro nome determinante para o Verdão de 2018 também deu as caras: o técnico Roger Machado, que posou para fotos ao lado de Mattos e de Leila Pereira, a dona da Crefisa. 
No ano passado, a empolgação pelo título brasileiro e as eleições presidenciais travaram alguns pontos-chaves do planejamento para 2017, que não por acaso termina com o Palmeiras gastando muito e não conquistando nenhum troféu. Evoluir é aprender com os erros, dizem os sábios. Por essa ótica, 2018 é agora para o Verdão.

As partidas...

Foram 133 jogos, 69 vitórias, dez gols, 11 assistências e dois títulos pelo Palmeiras. Ontem, aos 43 anos, Zé Roberto despediu-se do futebol e recebeu o carinho de companheiros, torcedores, dirigentes, dos jogadores do Botafogo, adversário da noite, e até da arbitragem no Allianz Parque. Ganhou placa, foi erguido na comemoração do gol de Keno, chorou após o apito final e deu volta olímpica até sentir câimbra.

A última partida da carreira do lateral-esquerdo não deixa de ser um tutorial de uma trajetória brilhante, reconhecidamente honesta e profissional pelos clubes que defendeu, respeitada no Brasil e no exterior. Nas três temporadas em que vestiu verde, Zé Roberto foi um dos porta-vozes do resgate do orgulho palmeirense após dois rebaixamentos. Já ficou marcado na memória do torcedor o discurso no vestiário do então capitão na estreia do Paulistão de 2015, contra o Audax, em que ele repetia ao time: “O Palmeiras é grande!”. Na segunda à noite, foi a vez do justo reconhecimento: Zé Roberto foi e sempre será gigante.

 Fonte: LANCE!Net

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
O Ano Novo do Palmeiras O Ano Novo do Palmeiras Reviewed by Julio Mateus on 11:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.