Palmeiras e Boca Juniors empatam em final maluco no Allianz Parque pela Libertadores - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense Palmeiras e Boca Juniors empatam em final maluco no Allianz Parque pela Libertadores - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense

PUBLICIDADE

Palmeiras e Boca Juniors empatam em final maluco no Allianz Parque pela Libertadores

Palmeiras x Boca
Cesar Greco / Palmeiras
Para quem esperava um grande jogo, a reedição do que já foi final de Copa Libertadores em 2000 decepcionou. Os minutos finais, contudo, sobraram em emoção e, com um gol para cada lado, Palmeiras e Boca Juniors empataram em 1 a 1 no Allianz Parque, em duelo do grupo 8.
Três dias depois da polêmica final do Campeonato Paulista, perdida para o Corinthians também em casa, o time de Roger Machado não conseguiu repetir as duas boas atuações que já havia tido no torneio sul-americano e tropeçou pela primeira vez após dois triunfos.
Apesar do jogo apático, o Palmeiras até ficou perto da vitória com um gol de Keno aos 44 minutos, mas Tévez, logo em seguida, aos 46, garantiu o empate.
Com o resultado, o Palmeiras mantém a liderança da chave, com sete pontos, mas não abre tanta vantagem para o Boca, segundo colocado, com cinco. Alianza Lima-PER, com um ponto, e Junior Barranquilla-COL, zero, completarão a terceira rodada na próxima semana.
Pela Libertadores, o Palmeiras só voltará a campo no dia 25 de abril, quando visitará o Boca em La Bombonera. Antes disso, na próxima segunda-feira, 16, estreará no Campeonato Brasileiro de 2018, fora de casa, no estádio Nilton Santos, contra o Botafogo, às 20h.
Pouco futebol em 45 minutos
Foi um primeiro tempo de raríssimas emoções no Allianz Parque. O único lance capaz de fazer a torcida alviverde suspirar saiu já aos 45 minutos, quando Dudu inverteu jogo e encontrou Lucas Lima sozinho, mas o chute do meia, de primeira, saiu à esquerda do gol.
Antes disso, o Boca havia chegado com sete minutos, em cruzamento de Jara pela esquerda. A bola passou por toda a área, e Ramón Ábila, ex-Cruzeiro, não alcançou para marcar.
Foi de forma semelhante que o Palmeiras ameaçou aos 29, quando Diogo Barbosa, titular na vaga de Victor Luis, chegou bem ao fundo, mas acabou cruzando forte demais, para ninguém.
Final maluco no segundo tempo
O segundo tempo, ao menos, teve mais finalizações do que o primeiro logo nos primeiros dez minutos. Aos quatro e aos seis, com o Palmeiras, mas tanto Dudu, quanto Keno chutaram para fora. Já aos dez, o primeiro tiro no alvo, com Cardona, do Boca, mas Jaílson defendeu.
Roger tentou melhorar o Palmeiras com as entradas de Willian e Moisés, nos lugares, respectivamente, de Borja e Lucas Lima. O time, de fato, cresceu e teve sua grande chance aos 22 minutos. Keno cruzou, a defesa cortou no pé de Bruno Henrique, que, com o gol praticamente aberto, pegou muito mal na bola e mandou por cima.
Do lado do Boca, um velho conhecido da torcida brasileira entrou aos 24 minutos: Carlos Tevez foi a campo no lugar de Cardona e, logo em seu primeiro lance, já teve pequena rusga com Felipe Melo. Voltando de lesão, porém, o ex-corintiano pouco fez em campo, só que acabou sendo decisivo aproveitando falha de Antônio Carlos.
O Palmeiras ainda voltou a ameaçar aos 38 minutos, após grande jogada de Keno pela esquerda. Ele cruzou, a bola sobrou para Willian, mas a finalização acabou travada. Na entrada da área, Moisés pedia sozinho, mas o atacante alegou não ter visto o companheiro.

Foi então que, quando o 0 a 0 parecia certo, que Keno marcou aos 44 minutos após falha de Jara e cruzamento de Guerra. Só que, aos 46, foi Antônio Carlos quem se atrapalhou, e Tevez, após passe de Pavón, mandou para o fundo do gol de Jaílson.
FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 1 x 1 BOCA JUNIORS
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 11 de abril de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Mauricio Espinosa (URU)
Renda: R$ 4.426.402,50 Público: 37.192 pagantes
Cartões amarelos: Felipe Melo e Keno (PAL); Magallan (BOC)
GOLS: PALMEIRAS: Keno, aos 44 minutos do segundo tempo BOCA JUNIORS: Tevez, aos 46 da etapa final
PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Guerra) e Lucas Lima (Moisés); Dudu, Keno e Borja (Willian) Técnico: Roger Machado
BOCA JUNIORS: Rossi; Jara, Goltz (Vergini), Magallán e Fabra; Reynoso (Buffarini), Barrios e Perez; Pavon, Abila e Cardona (Tevez) Técnico:Guillermo Schelotto
FONTE: ESPN

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
Palmeiras e Boca Juniors empatam em final maluco no Allianz Parque pela Libertadores Palmeiras e Boca Juniors empatam em final maluco no Allianz Parque pela Libertadores Reviewed by Raphael Zambelli on 09:57:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.