Palmeiras não pretende usar Guerra como moeda de troca nesta janela - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras Palmeiras não pretende usar Guerra como moeda de troca nesta janela - Nação Palmeirense - Blog de Notícias do Palmeiras

PUBLICIDADE

Palmeiras não pretende usar Guerra como moeda de troca nesta janela

Verdão autorizou o Fluminense a conversar com alguns de seus jogadores, mas garante que o venezuelano não é um deles. Gustavo Scarpa pode ser envolvido nesta negociação

Guerra fez 38 jogos pelo Palmeiras e terminou o ano na reserva - FOTO: Cesar Greco

O fato de cogitar a contratação de Gustavo Scarpa dias depois de ter anunciado Lucas Lima como reforço não significa que o Palmeiras esteja disposto a se desfazer de Alejandro Guerra. A diretoria diz nos bastidores que confia no meia venezuelano e não pretende utilizá-lo como moeda de troca.
Aos 32 anos, Guerra foi um dos principais reforços do clube para 2017. Ele foi eleito o melhor jogador da Libertadores do ano passado, vencida por sua equipe, o Atlético Nacional (COL), e custou cerca de R$ 10 milhões pagos pela Crefisa. Até julho, quando seu filho sofreu um acidente doméstico, o camisa 18 era um dos principais nomes da equipe. Ele fez 38 jogos no total e marcou sete gols.

Ao menos duas equipes se mostraram interessadas em fazer trocas com o Verdão nesta janela. O clube autorizou o Fluminense a conversar com alguns de seus atletas e, dependendo de quantos e quais aceitarem ir para as Laranjeiras, tentará receber Scarpa na negociação. O volante Matheus Sales, que estava emprestado ao Bahia, é um dos nomes da lista.

Já o Atlético-PR quer uma compensação para liberar imediatamente o goleiro Weverton, que tem acordo com o Palmeiras, mas só fica sem contrato em maio. Os rubro-negros pediram o meia Raphael Veiga, mas os paulistas também não estão dispostos a liberá-lo.

O lateral-direito Fabiano, o meia Hyoran e os atacantes Erik e Róger Guedes puxam a fila dos que não devem ser aproveitados em 2018. Michel Bastos é outro que tem seu nome frequentemente especulado em outros clubes, mas seu agente diz que o desejo é permanecer.

No momento, os meias centralizados do elenco são Guerra, Lucas Lima, Raphael Veiga e Hyoran. Moisés também pode executar esta função, mas já declarou que prefere atuar como primeiro ou segundo volante. O mesmo vale para Dudu, que já atuou por ali, mas rende muito mais pelo lado.
Fonte: LANCE!Net

Adicione nosso site aos seus favoritos! Fique por dentro das principais noticias do Palmeiras
Palmeiras não pretende usar Guerra como moeda de troca nesta janela Palmeiras não pretende usar Guerra como moeda de troca nesta janela Reviewed by Julio Mateus on 14:14:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.