Revista se retrata, e Palmeiras fica como o 2º mais valioso das Américas - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense Revista se retrata, e Palmeiras fica como o 2º mais valioso das Américas - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense

PUBLICIDADE

Revista se retrata, e Palmeiras fica como o 2º mais valioso das Américas

Valores do Verdão chegam a R$ 1 bilhão e ultrapassam os do Grêmio (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)

A revista Forbes do México se retratou após publicar a lista dos 50 clubes sul-americanos mais valiosos de 2017. Depois de divulgar o documento com o Corinthians em primeiro e o Grêmio em segundo, na última terça-feira, a publicação se desculpou e adicionou o Palmeiras ao documento, nesta quarta.
Com a alteração, o Alviverde paulista passa a ocupar a vice-liderança. O Timão segue aparecendo na primeira colocação, enquanto o Tricolor gaúcho caiu para o terceiro lugar. Depois dos três primeiros lugares, o próximo brasileiro a aparecer é o São Paulo, na modesta 14ª (aproximadamente R$ 458 milhões).

O valor de mercado dos palmeirenses chega a 464,6 milhões de dólares (algo em torno de R$ 1,452 bilhão), 112,3 milhões a menos em relação ao rival alvinegro. Fechando o “pódio” dos mais valiosos, o valor dos gremistas é estimado em 295,5 milhões de dólares.

A confusão aconteceu, segundo a Forbes, porque o acesso às informações sobre os valores palmeirenses só aconteceram quando a primeira lista já estava no ar. Por se tratar da segunda equipe mais valiosa, conforme o veículo, o Verdão foi incluído posteriormente.

Confira os cinco primeiros colocados da lista após a correção da Forbes:

1º) Corinthians – R$ 1,8 bilhão
2º) Palmeiras – R$ 1,4 bilhão
3º) Grêmio – R$ 933,7 milhões
4º) Chivas Guadalajara (México) – R$ 884,1 milhões
5º) Monterrey (México) – R$ 850,3 milhões
 Fonte: GazetaEsportiva

Revista se retrata, e Palmeiras fica como o 2º mais valioso das Américas Revista se retrata, e Palmeiras fica como o 2º mais valioso das Américas Reviewed by Julio Mateus on 19:40:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.