Time sub-15 do Palmeiras chega à marca de 100 gols no Paulista - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense Time sub-15 do Palmeiras chega à marca de 100 gols no Paulista - Nação Palmeirense - Blog da Torcida Palmeirense

PUBLICIDADE

Time sub-15 do Palmeiras chega à marca de 100 gols no Paulista

Compartilhe nas redes sociais!

Gostou? Deixe seu CURTIR!



Palmeiras e 100 gols lembram um ano histórico para o torcedor. Em 1996, no Campeonato Paulista, o time comandado por Rivaldo balançou as redes 102 vezes e entrou para a história do time (clique aqui e veja a homenagem que fizemos para aquele time). Guardada as devidas proporções, a garotada do Verdão Sub-15 alcançou essa marca.

Com 20 vitórias e um empate em 21 partidas, o Palmeiras lidera o seu grupo do Campeonato Paulista com incríveis 100 gols marcados. Para efeito de comparação, o segundo melhor ataque, o do Santos, tem 82 (18 a menos), seguido por RB Brasil (70), Grêmio Novorizontino (61) e São Paulo (55). O Corinthians, grande rival alviverde, tem apenas 43.

Quase 100%, o Verdão espera conquistar o bi-campeonato Paulista da categoria – ano passado bateu o Santos na final. O time volta a campo às 9h do próximo sábado, para encarar a Ponte Preta, no centro de treinamento exclusivo do Verdão para as equipes de base, em Guarulhos.

Artilheiro

O principal goleador do Palmeiras tem nome de ídolo do Verdão. Gabriel Silva, de 16 anos, tem 23 gols na competição. Meia-atacante de força e velocidade, o garoto se inspira em dois jogadores, um que ainda atua no Verdão e o outro que saiu campeão: Zé Roberto e Gabriel Jesus.

– Minha inspiração é o Zé Roberto. Ele tem 42 anos e ainda corre como um garoto, mesmo depois de tudo que ele já conquistou no futebol. É uma inspiração para mim, além do Gabriel Jesus, por tudo que ele conquistou no Palmeiras – disse o jogador.

Veloz e habilidoso, Gabriel Silva é uma das principais promessas da base palmeirense. Segundo ele, sua principal característica, e o que mais gosta de fazer, são gols.

– Eu jogo de meia e de atacante, mas gosto de fazer gols. Acho que é uma das minhas principais características. Meus pontos fortes acho que são força, velocidade e habilidade – afirmou Gabriel.

Sobre ele, o técnico da equipe, Paulo Victor Gomes, não poupou elogios.

– Gabriel Silva hoje é o artilheiro da competição e tem boas perspectivas. Ele joga nas três funções de ataque, tem projeção futura, mas vai continuar trabalhando com pés no chão para que as coisas evoluam da forma que desejamos – afirmou.


Base goleadora

Nas categorias de base é comum ver placares mais elásticos. Isso se deve às características dos jovens jogadores, que costumam ter a habilidade natural do ataque, pela diferença das grandes para as pequenas equipes e pela maneira dos times jogarem.

E no Palmeiras não é diferente. Além do Sub-15, a equipe Sub-17 está a cinco gols de atingir essa marca (tem dez gols a mais do que o São Paulo, segundo melhor ataque nessa categoria), mostrando a qualidade ofensiva dos times do Verdão. O técnico Paulo Victor Gomes destacou essa força do Verdão.

– Sem dúvida uma das principais características da base do Palmeiras é a ofensividade. Todas as equipes, do Sub-11 ao Sub-20, buscam propor o jogo a todo momento, ter um futebol ofensivo e manter a posse de bola no ataque. Trabalhamos para isso, para sermos protagonistas e mantermos o controle do jogo. Cada equipe com sua particularidade, com sua forma de jogar – disse.

– Muita gente faz essa ligação, diz que o nível dos adversários é mais baixo. Mas hoje temos um nível de atletas muito bom, somos superiores aos adversários em muitos jogos e isso é um facilitador. Temos de exaltar como esses gols são construídos, qual a origem deles e a nossa proposta de jogo. Nossa ofensividade tem se traduzido em gols, 100 gols em 21 jogos. Não é uma marca qualquer, então temos de valorizar a construção dela – completou.

Estilo de jogo

Diferentemente do que é feito em alguns times do futebol mundial, como o Barcelona, o Palmeiras não possui um determinado estilo de jogo pré-definido para suas categorias de futebol. No time da Catalunha, por exemplo, os jogadores do Sub-11 até o Sub-20 sabem que a maneira que a diretoria do clube quer que eles joguem é com posse de bola e valorizando o toque. No Santos, por exemplo, os Garotos da Vila são famosos pela ofensividade.
O coordenador da base do Verdão, João Paulo Sampaio, acredita que a formação do jogador deve acontecer como na escola, onde o estudante aprende diversas matérias.

– Eu não acredito nisso e não só no Palmeiras, mas no Brasil. Primeiro pela rotatividade de técnicos, que fazem com que os sistemas de jogo mudem muito. E segundo porque não formamos jogadores só para o Palmeiras, mas para o mundo, para outros mercados. A base é uma escola, e quando vamos para a escola estudamos muitas matérias, não só uma. Quanto mais ele tiver essa vivência em várias formas de jogo, estará mais preparado para atuar pelo profissional em qualquer lugar, com qualquer treinador.

Ligação base - profissional

O Palmeiras, ao longo de 2017, usou apenas cinco jogadores vindos de sua base: Thiago Martins (que jogou no Mogi Mirim antes de ser contratado para a base alviverde), Vitinho, Gabriel Furtado, Maílton e Iacovelli. Questionado sobre os motivos que levam o Verdão a ser um dos clubes que menos aproveita crias da casa no profissional, João Paulo Sampaio citou alguns exemplos de jogadores que atuaram no time de cima

– Não concordo que é um dos clubes que usa menos a base, isso depende muito do ciclo. Em 2014, no último jogo do Brasileiro, sete jogadores da base foram titulares. Em 2015, quatro da base disputaram a final da Copa do Brasil. Em 2016, tivemos a maior venda da história do clube com o Gabriel Jesus, uma das maiores revelações do futebol brasileiro. Neste ano, algumas contratações foram feitas e o grupo qualificou-se ainda mais. O nosso planejamento é a longo prazo e eles vão provar cada vez mais que merecem uma chance no profissional.

Se utiliza ou não, fato é que o Palmeiras vem conseguindo revelar bons valores em sua base. Os principais nomes são Gabriel Jesus, que foi rumo ao Manchester City em 2016, o meia Vitinho, que agora atua no Barcelona B, e o lateral Victor Luis, que é um dos destaques do Botafogo. Além disso, o Verdão vem liberando jovens atletas para a Europa – clique aqui e entenda o motivo.


Fonte: Globo Esporte
Time sub-15 do Palmeiras chega à marca de 100 gols no Paulista Time sub-15 do Palmeiras chega à marca de 100 gols no Paulista Reviewed by Julio Mateus on 12:25:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.